Intensificação Sustentável na Produção Animal

O desenvolvimento sustentável foi apresentado em 1987, no Relatório Brundtland ou Nosso Futuro Comum, como sendo aquele que atende às necessidades do presente sem comprometer a possibilidade de as gerações futuras atenderem às suas necessidades (Brundtland, 1987).

A intensificação sustentável sendo um conceito novo, em evolução, continuará a ser debatida, porque desde logo, aparenta representar conceitos contraditórios entre si: sustentável e intensivo. A aplicação da intensificação sustentável à produção animal comporta, em si, a necessidade de se analisarem múltiplas variáveis implicadas nos sistemas e nas modalidades existentes a nível mundial. A tarefa não se avizinha fácil mesmo quando se procura analisar uma única espécie animal numa dada região, com fatores de produção relativamente conhecidos e estabilizados, agravando-se exponencialmente quando passamos à escala a que estes assuntos são tratados: a escala mundial.

http://www.agronegocios.eu/noticias/intensificacao-sustentavel-na-producao-animal-por-jorge-azevedo-e-luis-ferreira/

Comentários (0)

Comente este artigo

Cotações